• Home  / 
  • Author's archive:
About the author

Francisco Grijó

Francisco Grijó, capixaba, escritor, professor de Literatura Brasileira, atual secretário de Cultura de Vitória (ES)

Share

O Melhor do Jazz #3: vocais

By Francisco Grijó / 27 de setembro de 2017

Esta senhora é a peça chave da Santíssima Trindade do jazz vocal. É a maior cantora do gênero, na opinião deste que escreve. E este é seu melhor disco – dos 58 que possuo. São 38 faixas de vários compositores – priorizando, evidentemente, canções que Ellington compôs ou, com sua orquestra, executou. Destaque para Caravan, […]

Share

Mulheres #2: Romy Schneider, 79

By Francisco Grijó / 23 de setembro de 2017

Meu querido amigo Sebastião Lyrio, que não é leitor deste blogue – de nenhum blogue, até onde sei -, publicou, em 1982, um volume de contos intitulado Tigres de Papel, obra financiada pela FCAA, ligada à UFES. É um bom livro, carregado de música, cinema, ironia, literatura. Um dos contos, autobiográfico, tem o título O […]

Share

O Jazz agoniza em La La Land?

By Francisco Grijó / 20 de setembro de 2017

Assisti – finalmente! – ao filme La La Land, na tevê, canal fechado. É dos bons. Boa música, boas interpretações, boa história – e três declarações de amor: ao jazz, ao cinema e a Los Angeles. Não é difícil apreciar a película, mesmo para aqueles que abominam musicais e os consideram nostalgia geriátrica. Um desfecho […]

Share

Fala! #3: Julio Cortázar

By Francisco Grijó / 17 de setembro de 2017

“Tu me olhas, de perto tu me olhas, cada vez mais de perto e, então, brincamos de cíclope, olhamo-nos cada vez mais perto e nossos olhos se tornam maiores, aproximam-se, sobrepõem-se e os cíclopes se olham, respirando indistintas, as bocas encontram-se e lutam debilmente, mordendo-se com os lábios, apoiando ligeiramente a língua nos dentes, brincando […]

Share

O Melhor do Jazz #2: álbuns de estúdio

By Francisco Grijó / 14 de setembro de 2017

A continuação. Numa anterior postagem, a partir de um desafio de Lucas Lessa, apreciador do jazz e do Ipsis Litteris, escrevi sobre os melhores discos de jazz ao vivo. Cinco, na minha opinião. A subjetividade mandando ver. Agora, os cinco melhores em estúdio – as mesmas regras, a mesma visão pessoal, o mesmo blablablá. My […]

Share

Robert Wise, o versátil

By Francisco Grijó / 11 de setembro de 2017

Em conversa com amigos que apreciam cinema – talvez até mais do que eu -, ouvi gritarem aos quatro ventos que Solaris, de Andrei Tarkovsky, era o mais bem acabado filme de ficção científica já feito. Eu vi Solaris em fita cassete, fim dos anos 1980, e achei um filmaço, mas meu voto, para indignação […]

Share

Moon the Loon, 39 anos depois

By Francisco Grijó / 7 de setembro de 2017

Gene Krupa, o grande baterista de jazz, é o pai espiritual de Keith Moon, o maior baterista do rock. Alguns preferem John Bonham e Ginger Baker, eu sei. Outros, mais juvenis, Neil Peart. Hoje, 7 de setembro, faz 39 anos que Moon the Loon se foi, deixando saudosos e órfãos, todos eles na mesma intensidade. […]

Share

O Melhor do Jazz #1: álbuns ao vivo

By Francisco Grijó / 1 de setembro de 2017

Entendem de propostas tão desafiadoras quanto perigosas? Pois meu amigo Lucas Lessa, músico e contumaz apreciador do jazz, além de frequentador do Ipsis Litteris, fez-me uma – qual seja: listar os melhores discos de jazz que conheço (e possuo). Não é fácil. Listas têm, de um modo geral e na visão da maioria de quem […]

Share

Caetano Veloso, um site

By Francisco Grijó / 30 de agosto de 2017

Caetano Veloso é um dos grandes letristas da MPB – se não for o maior. E Chico Buarque? Meu xará, penso, é mais poeta, mais lírico, gênio absoluto. E quanto a Gilberto Gil? Um craque da metáfora, sem dúvidas, capaz de tecer analogias impensáveis entre termos aparentemente inconciliáveis. Outro gênio. Belchior, Noel e Aldir Blanc […]

Page 7 of 10