O Chefão

FRANCISCO GRIJÓ, capixaba, escritor, professor de Literatura Brasileira, atual secretário de Cultura de Vitória (ES).

Autor de Diga Adeus a Lorna Love* (contos, 1987); Um Outro País para Alice (contos, 1989); Com Viviane ao Lado (romance, 1995); Licantropo (contos, 2001); Histórias Curtas para Mariana M (romance, 2009); Todas Elas, Agora(contos, 2013); Os Mamíferos – crônica biográfica de uma banda insular (biografia, 2016). Em andamento: Fama Volat (romance).

                                

Participou das antologias Traços do Ofício – textos de Oficina Literária (contos, poemas, 1983), Escritos de Vitória – Parque Moscoso (contos, 1994); Mulheres – Diversa Caligrafia (contos, 1996); A Parte que nos Toca – literatura brasileira feita no ES (narrativas, poemas, 2000); Na Livraria (narrativas, 2015); Sem a loucura não dá – A poesia de Sérgio Sampaio em prosa (contos, 2017), Por que você escreve? (narrativas, 2018). Seleciona, para futura possível edição, 70 crônicas das muitas publicadas no periódico A Gazeta, entre 2011 e 2016, sob o título provisório de Doxa.

                  Resultado de imagem para mulheres diversa caligrafia      Resultado de imagem para coletânea na livraria logos            

*Diga Adeus a Lorna Love pode ser lido, na íntegra, AQUI.