All posts in "música"
12 Shares

Vinde a nós as criancinhas!

By Francisco Grijó / 22 de novembro de 2017

Em 1993, Maria Bethânia lançou um disco intitulado As Canções que Você fez pra Mim, com músicas da dupla Roberto Carlos & Erasmo. Estourou a banca, e oxigenou a carreira da cantora, que vinha de um fracasso comercial chamado Olho d’Água, editado um ano antes. Roberto Carlos, numa entrevista à época, agradeceu a Bethânia por ter sido […]

9 Shares

Vendo (do verbo ver) um musical

By Francisco Grijó / 13 de novembro de 2017

Agora me diga: além de ser uma comédia de primeiríssima, que outro filme pode reunir três dos maiores cantores norte-americanos – Frank Sinatra, Bing Crosby e Sammy Davis, Jr. -, e ainda, de quebra, apresentar a voz firme de Dean Martin, o charme cínico de Peter Falk e a beleza exuberante de Barbara Rush? Pois se você apostou em Onze Homens e um Segredo, […]

16 Shares

Bill Evans, Tóquio, Buenos Aires

By Francisco Grijó / 9 de novembro de 2017

Cá estou, de volta, após 8 dias de descanso. Retorno falando de um assunto de preferência: o jazz. Assisti, anteontem, na tevê fechada, a um documentário sobre Bill Evans. O narrador, cujo rosto não aparece (nem o nome nos créditos), afirmou que o pianista de New Jersey resume o jazz. Confesso que, ao escrever sobre os grandes […]

12 Shares

Dizzy Gillespie, aos 100

By Francisco Grijó / 20 de outubro de 2017

Se vivo, Dizzy Gillespie, neé John Birks, estaria, amanhã, dia 21, fazendo 100 anos. Um dos maiores nomes do Jazz; um dos grandes músicos do século que, diferentemente de sua música, ficou para trás. AQUI, com seu quinteto: James Moody, sax; Kenny Barron, piano; Chris White, baixo; Rudy Collins, bateria. Uma curiosidade: a partir de 21:50, Chega […]

22 Shares

Quem é Miles Davis?

By Francisco Grijó / 14 de outubro de 2017

Assisti a Miles Ahead, o filme que Don Cheadle fez sobre Miles Davis. Descarte a possibilidade de ser uma película biográfica. Não é, definitivamente, embora se utilize de elementos da vida do trompetista. Soaria estranho não utilizar. A narrativa não é linear (como muitos solos de jazz), misturando alucinações, lembranças, possibilidades, registros reais. Miles merece […]

13 Shares

Phono 73: o que (ainda) há de melhor

By Francisco Grijó / 8 de outubro de 2017

Não sei se existe um festival, em terras brasileiras, que tenha sido mais representativo que o famoso Phono 73, realizado no Palácio de Convenções do Anhembi, em SP, nos dias 11, 12 e 13 de maio do referido ano. Quando digo mais representativo, claro que aludo ao fato de que, historicamente, essa reunião de grandes […]

18 Shares

Tropicalismo, 50: dois livros

By Francisco Grijó / 30 de setembro de 2017

Cinquenta anos de Tropicalismo. Não é para qualquer um – ainda mais se considerando que ele morre e renasce na mesma rapidez, mesmo sem nunca ter entrado em decomposição. O que isso quer dizer? Simples: por mais que digam que o movimento morreu, em essência ele se manteve vivo e pulsante. Sim, muita gente recusa […]

18 Shares

O Melhor do Jazz #3: vocais

By Francisco Grijó / 27 de setembro de 2017

Esta senhora é a peça chave da Santíssima Trindade do jazz vocal. É a maior cantora do gênero, na opinião deste que escreve. E este é seu melhor disco – dos 58 que possuo. São 38 faixas de vários compositores – priorizando, evidentemente, canções que Ellington compôs ou, com sua orquestra, executou. Destaque para Caravan, […]

25 Shares

O Jazz agoniza em La La Land?

By Francisco Grijó / 20 de setembro de 2017

Assisti – finalmente! – ao filme La La Land, na tevê, canal fechado. É dos bons. Boa música, boas interpretações, boa história – e três declarações de amor: ao jazz, ao cinema e a Los Angeles. Não é difícil apreciar a película, mesmo para aqueles que abominam musicais e os consideram nostalgia geriátrica. Um desfecho […]

21 Shares

O Melhor do Jazz #2: álbuns de estúdio

By Francisco Grijó / 14 de setembro de 2017

A continuação. Numa anterior postagem, a partir de um desafio de Lucas Lessa, apreciador do jazz e do Ipsis Litteris, escrevi sobre os melhores discos de jazz ao vivo. Cinco, na minha opinião. A subjetividade mandando ver. Agora, os cinco melhores em estúdio – as mesmas regras, a mesma visão pessoal, o mesmo blablablá. My […]

Page 1 of 3